“The Wilhelm Scream” não é só a música do James Blake.

26 04 2011

“The Wilhelm Scream” é uma das músicas mais lindas do James Blake, certo?

Lendo o Coilhouse descobri que o “The Wilhelm Scream” tem uma origem meio bizarra: é o nome de um efeito especial de grito (scream) muito usado no cinema criado em 1951 mas que ficou “famoso” quando usado em filmes como “Guerra Nas Estrelas” e “Indiana Jones”.

Aqui uma edição ótima de vários Wilhelm screams.





Foo Fighters na garagem!

22 04 2011

Que o Foo Fighters é a grande banda de hoje em dia, que o disco novo deles é fodão e tudo mais, todo mundo já sabe.

Mas o mais legal: eles fizeram 14 shows por garagens no EUA: o povo inscrevia as garagens e eles escolheram algumas e olha o que aconteceu:





Duas novas do Radiohead!

15 04 2011

Dia feliz com duas novas do Radiohead pra completar:

“Supercolider”

“The Butcher”





Hell yeah: a (primeira) música nova dos Beastie Boys.

6 04 2011

“Make some noise”.

Sem mais, ouça:





“The Lonely Island” vem do SNL, sabia?

5 04 2011

O Saturday Night Live é um programa de humor da tv americana que acontece já faz 36 anos, todo sábado a noite ao vivo.

O bacana do programa é que sempre tem um ator convidado especial e uma banda convidada especial também, todo show. E geralmente é gente grande e importante e relevante.

Muita gente fodona saiu do programa como o John Belushi, só pra citar meu favorito de todos os tempos.

Uma das coisas mais bacanas do SNL dos últimos anos são os curtas produzidos pelos caras do “The Lonely Island” que é um trio com o Andy Samberg no comando (aliás, Andy é o meu ator preferido dessa mais recente leva do SNL).

O que eles fazem: curtas em HD, sem grana quase, com os convidados do SNL. Ele s estouraram com o ótimo “Dick In A Box”, com o Justin Timberlake. Ganharam prêmios e tudo. Só pra lembrar:

Depois disso, ou por isso, Lorne Michaels, o chefão/cabeça do SNL foi dando mais liberdade e espaço pros caras e de lá saíram coisas ótimas, sempre com muita baixaria, piadas com pinto pequeno, ejaculação precoce e coisas do tipo. Uma delícia:

O Julian Casablancas dos Strokes fez um dos filmes:

A Natalie Portman no rap é muito bom também:

Aqui tem a Rihanna e um dos personagens lindos do Samberg, o Shy Ronnie:

Agora o The Lonely Island vai lançar um disco e esse é o primeiro clipe deles:

Veremos o que vem pela frente!





E lá se vai o LCD Soundsystem.

4 04 2011

Sábado passado, dia 2 de abril, foi o show de despedida do LCD Soundsystem, uma das bandas mais bacanas e importantes dos últimos anos.

Os caras faziam/fizeram música pra dançar com um pé no punk e me deixou muito feliz nesse anos todos.

Eu super me lembro quando a gente tocava “Daft Punk Is Playing At My House” na REBEL! no Bar 8 em 2006, era um absurdo (pra mim mesmo) aquela modernidade toda.

Em janeiro aqui em São Paulo os caras fizeram um show memorável no festival No Mondays (e eu toquei logo depois deles, foi lindo) e só confirmou o último show deles que eu tinha vista num Via Funchal às moscas, que eles são lindos mesmo.

LCD Soudsystem set list do show de SP.

A Pitchfork colocou 2 coisas ótimas no ar, uma compilação de artigos de todos os lançamentos dos caras e o show deles de sábado em NY, com 3h40 de duração, cheio de convidados especiais, inclusive os onipresentes Arcade Fire.

That’s how it starts…

E o set list do derradeiro:

2:10 “Dance Yrself Clean” (with “I’m Not In Love” by 10cc intro)
12:40 “Drunk Girls”
17:09 “I Can Change”
23:45 “Time To Get Away”
28:16 “Get Innocuous!”
35:18 “Daft Punk Is Playing At My House”
41:45 “Too Much Love”
46:53 “All My Friends”
55:30 “Tired” (with “Heart of the Sunrise” by Yes snippet)

“45:33 Part One”
“45:33 Part Two” (w/ Reggie Watts)
“Sound of Silver”
“45:33 Part Four”
“45:33 Part Five” (w/ Shit Robot)
“45:33 Part Six”
“Freak Out”/”Starry Eyes”

1:54:39 “Us v Them”
2:04:00 “North American Scum” (with Arcade Fire)
2:11:45 “Bye Bye Bayou” (Alan Vega cover)
2:16:30 “You Wanted A Hit”
2:24:07 “Tribulations”
2:29:15 “Movement”
2:33:48 “Yeah” (Crass Version)

2:45:30 “Someone Great”
2:53:06 “Losing My Edge” (With “Da Funk” by Daft Punk snippet)
3:03:36 “Home”

3:15:53 “All I Want”
3:22:18 “Jump Into the Fire” (Harry Nilsson Cover)
3:30:30 “New York, I Love You But You’re Bringing Me Down” (with “Twin Peaks Theme” by Angelo Badalamenti intro)





Eu vos apresento “Deathcrush”!

1 04 2011

Alexis Krauss, minha amiga vocalista do Sleigh Bells (tá, não é minha amiga) disse que a banda que ela tem mais ouvido ultimamente é a norueguesa Deathcrush que ela conheceu abrindo um show dos americanos e depois disso convidou o time nórdico pra excursionar com eles o resto da tour européia.

DEATHCRUSH

Fui atrás e ouvi um som que poderia ser uma dessas bandas de witch house fazendo doom metal.

Mais ou menos isso.

Ouça as faixas abaixo e me diga se não são demais!

(Ah, essas suas duas primeiras músicas foram gravadas no estúdio dos caras do Turbonegro, o que já é bem bom, né)

Lesson #1 (For Snoop Dogg)

Lesson #2 (for Cliff Burton)